• Facebook
  • (34) 99886 0078
  • Youtube
19/07/2017 -
Cuidado com as doenças respiratórias na época de frio

Crianças e idosos são os mais susceptíveis, por causa da baixa imunidade

A estação mais fria do ano exige cuidado redobrado com a saúde. O ar mais seco facilita o aumento da poluição e a proliferação de vírus, o que, consequentemente, contribui para elevar a frequência das infecções das vias respiratórias.

Existem várias razões para adoecermos no inverno, e não é só por causa das baixas temperaturas ou o ar seco. O fato de as pessoas ficarem em locais mais fechados contribui para a contaminação, principalmente por vírus, dessa forma torna-se mais frequente o surgimento de doenças.

As infecções respiratórias são as vilãs dessa estação e muitos sofrem com as mais comuns, como sinusite, otite, pneumonia, gripe, resfriado, rinite, asma, amigdalite, bronquite, entre outras. As atitudes mais corretas nesse período, que asseguram uma prevenção adequada, são: evitar ambientes fechados com pessoas doentes, lavar as mãos e proteger a boca ao tossir.

No que se refere à essa época fria, há muitos equívocos em relação à crença popular, que aponta como desencadeadores das doenças de inverno andar descalço, dormir com o cabelo molhado, tomar sorvete, beber água gelada, abrir geladeira, pegar chuva e ficar no sereno, entre outras. Essas seriam atitudes que levariam a infecções respiratórias, são mais mito que verdade. Tudo que irrita as mucosas predispõe a infecções: alergias e mudanças climáticas, por exemplo.

As vacinações contra a gripe começam em abril justamente para anteceder ao tempo frio, pois as alergias aumentam no inverno porque há maior circulação de vírus.

As crianças de até 5 anos sofrem mais nesse período, por causa do sistema imunológico imaturo, e o idoso também, porque é mais frágil e tem alimentação pior. Para agravar, a maioria deles não toma água o suficiente.

Veja a seguir algumas dicas para se dar bem e fugir das doenças no inverno.


Dicas para tentar afastar as doenças de inverno:

1 Mantenha a roupa de cama sempre limpa, principalmente os cobertores.

2 Tente retirar todo o pó da mobília.

3 Aproveite os dias de sol e abra as janelas. O ar deve circular em ambientes fechados.

4 Evite permanecer muito tempo em locais fechados e com grande quantidade de pessoas.

5 Lave as mãos constantemente.

A alimentação deve ser a mais saudável possível. Consuma verduras e frutas, que são fontes de vitamina C: limão, laranja, abacaxi e acerola.

7 Beba bastante líquido, principalmente água (mas evite bebidas alcoólicas)

8 Evite ter em casa tapetes e bichos de pelúcia espalhados pelo local.

9 Não deixe de fazer exercícios físicos (nadar, correr e caminhar são especialmente importantes, porque aumentam a capacidade respiratória).

10 Evite fumar e conviver com fumantes.

11 Seque roupas no sol.

12 Para bebês, a amamentação é indispensável, pois garante a proteção da criança.

13 A vacinação anual é importante, não causa gripe e evita complicações mais sérias

 

Fonte: UAI saúde.






Link:




Deixe seu comentário



Colunistas
Gabriel Martinez
Luiz Fernando Soares
Jefferson Domingues de Oliveira
Cotações
Obituário
Anisia Angelica da Silva - Dona Ninzita viúva de José Leivino
22/01/2018
Dalila Maria Oliveira Lopes Moreira - Lila
20/01/2018
Ordalia Silvia Fernandes Santana - Dona Ordalia
17/01/2018
Paulo Custodio da Silva
15/01/2018
Helio Rocha
13/01/2018
Newsletter
Cadastre-se e receba nossas atualizações.