• Facebook
  • (34) 99886 0078
  • Youtube
15/07/2015 - 14:08
Geraldo da Guiomar

Este é o cara.

Esta página tem gerado muitos agradecimentos e satisfações, mas o objetivo principal é mostrar uma das grandes riquezas do Carmo, se não for a maior: as pessoas, que mesmo quando estão distantes, cultivam um carinho especial por esta terra. É o caso do amigo de todos os carmenses Geraldo Cleno Matias, conhecido mesmo por Geraldo da Guiomar.

Geraldo é filho de Osvaldo Matias de Abreu e de dona Guiomar Branquinho, ambos nascidos em Carmo. O pai tem origem na cidade de Patrocínio. Dona Guiomar, descendente da família Branquinho, era parteira, uma das principais profissões de sua época; os partos normalmente eram feitos em casa, o que não dá nem para imaginar nos dias de hoje. Era uma pessoa muito querida.

Geraldo é casado com dona Zilda de Castro Matias, pessoa que dedica toda a sua atenção aos filhos; adora cozinhar, viajar e paparicar os netos; faz uma galinha caipira com polenta como poucas pessoas. Moram em Uberlândia, com os seus filhos, Sônia, Sérgio, Romênia, Júlio César e Marco Antônio, todos com as características dos carmenses, tranquilos, trabalhadores e bem-sucedidos.

Geraldo construiu uma vida de sucesso e de alegria, é difícil vê-lo mal-humorado. Começou a vida profissional em Carmo como mecânico, ainda na adolescência. Já na juventude foi trabalhar na área de transportes de carga, na qual teve oportunidade de viajar muito e conhecer diversas capitais; fato arrojado para a sua época. Após adquirir muita experiência, participou da criação da primeira revenda da VW da região, Galvão e Carvalho (Galcar), onde era sócio minoritário. Em seguida foi ter seu próprio negócio: criou a Auto Carmo, oficina mecânica e vendas de peças. Passou pela gestão pública, sendo responsável pela parte urbana. A sua marca de empreendedor o levou a passar por diversos setores, sendo inclusive candidato a prefeito em Carmo, em 1976. Sua última atividade profissional foi em Uberlândia, como gerente da oficina da Mitsubishi, onde trabalhou até se aposentar.

Hoje em Uberlândia, faz todos os dias sua caminhada, dedica sua vida à família, aos amigos, adora conversar sobre o Carmo e torcer pelo Cruzeiro – para os atleticanos, este pode ser um defeito.

 

Foi um dos fundadores da Loja Maçônica “Luz Triunfo da Verdade”. Membro do Lions Clube, do Rotary, este ano foi homenageado pela Loja de Carmo. Em Uberlândia dedica-se muito à Maçonaria, onde é muito querido, estimado e respeitado pela sua característica de servir. Mas o seu coração, a exemplo de muitos carmenses que hoje estão fora, continua em Carmo. Mais uma boa prática.






Link:





Deixe seu Comentário

Colunistas
Gabriel Martinez
Luiz Fernando Soares
Jefferson Domingues de Oliveira
Cotações
Obituário
Maria de Fatima Diniz - Maria do Mané Camundo
12/02/2018
Maria Aparecida Soares de Almeida - Maria
08/02/2018
João Belarminio de Souza - João do Firmo
01/02/2018
Maria Candida Amaral
30/01/2018
Antônio José da Silva - Toninho
26/01/2018
Newsletter
Cadastre-se e receba nossas atualizações.